Acompanhamento Processual

Insira seu usuário e senha para acesso ao sistema de acompanhamento processual.

Webmail Corporativo

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Notícias

Novos parlamentares fazem discursos de estreia no Plenário

A Reunião Plenária desta quarta (6) teve uma nova rodada de discursos de estreia. Desta vez, foram os deputados Antônio Coelho (DEM), Romero (PP), João Paulo (PCdoB) e Doriel Barros (PT) que ocuparam a tribuna da Casa de Joaquim Nabuco para apresentar as propostas dos mandatos, agradecer a votação obtida e defender a articulação de governistas e oposicionistas na busca de caminhos para o desenvolvimento de Pernambuco. A seguir, os principais trechos dos pronunciamentos. Antônio Coelho – Vice-líder da Oposição, o deputado elogiou o debate travado entre governistas e oposicionistas, nessa terça (5), sobre a situação da segurança pública em Pernambuco. Ele enalteceu o presidente da Alepe, Eriberto Medeiros (PP), pela condução dos trabalhos, e ressaltou a importância de que as discussões sejam pautadas pelo respeito e pela seriedade. “Espero que façamos debates justos, com discursos livres e embasados em dados e argumentos”, afirmou. Romero – O parlamentar anunciou como prioridade do mandato a defesa dos direitos dos animais. Ele prometeu apresentar projetos relacionados à causa – a exemplo do que fez quando foi vereador do Recife – e oferecer apoio a abrigos e organizações não governamentais (ONGs) que trabalham na área. Informou, ainda, que irá propor a proibição do uso de carroças e outros veículos de tração animal em todo o Estado. “Vamos defender a vida daqueles que não podem votar.” Também citou a saúde e a segurança pública como bandeiras da sua atuação. João Paulo – No primeiro discurso, o deputado abordou a mobilização de lideranças indígenas de todo o Brasil na Câmara dos Deputados, nesta quarta, para reivindicar melhorias no atendimento à saúde dentro dos territórios desses povos. “Os serviços de saúde indígena levam assistência a mais de 5.500 aldeias de todo o País, nos lugares mais distantes e de difícil acesso. Mas isso vem sendo ameaçado pelo Governo Bolsonaro, que propôs a municipalização desse sistema, algo que já se provou não atender às necessidades dessas populações”, apontou. Doriel Barros – O petista apresentou como pauta do mandato a defesa dos agricultores familiares, base da atuação política dele antes de se tornar deputado. “São mais de 90% dos estabelecimentos e 83% dos trabalhadores rurais de Pernambuco, produzindo mais de 90% do arroz em casca, feijão e mandioca no Estado”, destacou. “Fortalecer e ampliar as condições de produção, comercialização e consumo de alimentos da agricultura familiar é um instrumento de combate à pobreza e de defesa da soberania alimentar não só no campo, mas também na cidade.”
06/02/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia